VOLUNTARIADO EMÍLIO RIBAS – VER

download.png

O VER foi fundado em 2005 pela médica Dra. Glória Brunetti. Um ano depois, por ocasião da sua oficialização jurídica, o VER já contava com um grupo de quase 150 voluntários atuando em onze programas - donas de casa, estudantes, bancários, publicitários, educadores, sociólogos, empresários, profissionais da saúde, artistas, jornalistas, engenheiros e aposentados, entre outros. Enfim, pessoas de diversas idades, formações, classes sociais, credos e raças, unidas com o propósito de ajudar o outro em situações de vulnerabilidade. Essa diversidade vem contribuindo para o sucesso do VER, cuja missão é "realizar ações de humanização através do trabalho voluntário para valorizar a vida, a dignidade e a cidadania dos pacientes atendidos no Instituto de Infectologia Emílio Ribas".

Para cadastrar-se no Centro de Voluntariado ou conhecer melhor os projetos do VER, acesse o site http://www.versocial.org.br.

FUNDAÇÃO PODER JOVEM

Poder Jovem.jpg

O Projeto surgiu pela iniciativa da Pedagoga Sandra Santos e da Dra. Glória Brunetti que, ao unirem duas áreas do conhecimento - Saúde e Educação, desenvolvem projetos voltados para jovens de 13 a 25 anos vivendo e convivendo com HIV/Aids, especialmente com a intenção de incentivar a sua adesão ao tratamento e facilitar a sua interação sócio-cultural. A Fundação Poder Jovem conta com o auxílio de voluntários e educadores capacitados e  visa o fortalecimento da autoestima, a conscientização da cidadania e a otimização da melhora global da qualidade de vida destes jovens.

Para cumprir seu propósito, a Fundação atua por meio de projetos multidisciplinares que buscam valorizar a dignidade da pessoa humana e os direitos e garantias fundamentais de seus assistidos.
Para saber mais, acesse www.poderjovem.org.br.

ASSOCIAÇÃO VIVA E DEIXE VIVER

Viva.jpg

É uma Associação sem fins lucrativos, não governamental, certificada pelo Ministério da Justiça como OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - conforme Lei nº 9790 de 23/03/1999. Foi criada em agosto de 1997 e é formada por voluntários – em sua maioria contadores de histórias – que prestam seu serviço voluntário gratuitamente e nos termos da Lei Federal nº 9608, de 18.02.1998. A Associação reúne mais de mil voluntários atuantes e está presente em vários hospitais de São Paulo e de outros Estados e cidades do País.

Tem como missão fomentar a educação e cultura na saúde por meio da leitura e do brincar, visando transformar a internação hospitalar de crianças e de adolescentes em um momento mais alegre, agradável e terapêutico, contribuindo positivamente para o seu bem estar, de seus familiares e da equipe multidisciplinar.

OPERAÇÃO ARCO-ÍRIS

operacao arco iris.jpg

A Operação Arco-Íris é uma instituição sem fins lucrativos que realiza trabalho voluntário em hospitais utilizando a técnica do palhaço. Criada em março de 1994, em São Paulo, a ONG (Organização Não-Governamental) conta hoje com 55 integrantes que realizam visitas regulares, levando alegria a cerca de 5 mil crianças e adolescentes por ano. 

 

Os voluntários da Operação Arco-Íris acreditam na solidariedade como uma resposta de cidadania à realidade em que estamos inseridos. Eles creem no crescimento de suas qualidades como indivíduos e na atribuição de significado a pequenos gestos, a um sorriso espontâneo ou ao olhar sincero de uma criança.

© 2017 - Diretoria da Divisão Científica - Instituto de Infectologia Emílio Ribas

Av. Dr. Arnaldo, 165 - Metrô Clínicas - São Paulo/SP

(não dispomos de vagas para estacionamento)

Tel.: (11)3896-1200

Obs.: a diagramação deste site foi realizada e funciona melhor no Google Chrome.

Apoio CEER.png